segunda-feira, 3 de novembro de 2008

Lá agente continua...

Recebi uma notícia hoje a tarde que me fez chorar... Uma amiga não muito próxima, mas conhecida o suficiente pra me fazer perder o ar ao saber de sua morte...
Não consegui dormir, coloquei meus dedos pra desabafar.
Como não sou de me calar, vou compartilhar com vocês.
Infelizmente não é o primeiro post de luto que eu coloco aqui.
Mas estamos predestinados a isso...

Venho, enfim, contar o que vi
Pelo terceiro olho, o mundo tremer eu assisti
Uma guerra entre o céu e o inferno
Senti sob meus pés o chão se abrir
Do outro lado da colina uma silhueta de alguém eu vi
Pela sua expressão eu senti
Fora há pouco transformada em anjo
Fez da montanha inerte, um vulcão em erupção
Senti em mim cada pedaço de mil corações
Que de saudades já choravam
E meu peito, apertado, sufocava...

Pudera ser eu a tomar o cálice que minhas mãos entregavam
Pudera ser do livre arbítrio um dom
Pudera eu ter o poder de interferir na vida e na morte
Na dor e no amor
No passado, no futuro...

Venho por um apelo à sociedade:
Ouçam, escravos da liberdade
O cantar das trombetas
E o riscar das lápides
Ouçam...
O ciclo da vida gritando alto por todos os lados
E o bater de asas dos anjos
Ouçam o fechar dos olhos de quem se vai
E o coração gritar
Para que não se arrependam depois
Agarrem-se às espadas
Vistam-se das armaduras necessárias
Preparem-se para o óbvio
E para o surpreendente
Estejam preparados, mas nunca antecipados
Para a morte
E o eterno nascimento.
Lá, agente continua...
.

17 comentários:

Pandumiel disse...

Nem tenho o que dizer...

LINDO!

E ótimo para concientizar o povo de que temos que agora tomar nossas armas e lutar pela nossa liberdade e pela nossa vida, mais que antes!

Bjão Milla!
Todos choramos, mas essa dor só nos dá mais força para continuar!!!

O Profeta disse...

Tu és diferente...sente-se...


Doce beijo

Sammyra Santana disse...

Eita Mila, sinto tanto...
nunca nem se sabe o que dizer numa hora de partidas e despedidas...
A morte é uma verdadeira reticência!

Pucci disse...

Ninguem nunca está preparado para a morte, principalmente das pessoas queridas e jovens...

As lagrimas ficam pelos amigos que se vão ...
A saudade sempre vai existir...

Que ela vá com Deus... =(

Iza disse...

Milla, acredito mas, não posso provar que somente o corpo morre. A alma, esta vive eternamente. O que dói é o não saber onde esta alma está, não podermos nos comunicar. Acredito que só os que foram tem a certeza e nós que ficamos...ficamos na incerteza...na saudade...

Sinto-me triste por você estar triste.

Livia Queiroz disse...

O q dizer??

Lindo...Intenso...Forte...

Infelizmente a vida não é só feita de Vida...Faz parte da existência o fato de aprender a "viver sem"...

Mta paz... paz de espírito...
P vc, p sua amiga que já n está no nosso plano, e pra todos os q estão sofrendo com a sua partida!

bj

Livia Queiroz disse...

Ah, brigada pelo comentário!
Adorei

E eu ja compus sim, algumas musiks, mas n gosto mto naum rsrrs

Bjaum

Lua Sollara disse...

Ela era o Sol
E agora todos os meus dias serão um pouquinho nublados.

Vanderley disse...

Oi, tudo bem? Muito interessante seu blog.
Texto forte, mas o inevitável não dá, não temos como fugir.
Felicidades menina...

Anônimo disse...

E independente de tudo...
Eu estou contigo a kda dia, a cada momento...a cada fração de segundo!
Msm vc naum me sentindo tanto...

Eternamente!


De sua eterna... "Ela"

Ela disse...

Obrigada pela homenagem à nossa Isa.
Como disse a Aira: agora nosso Sol brilha para todos.
A energia dela nos mantem juntos e amando uns aos outros.

bjos tchuca

lugar_teu disse...

é sempre triste quando é decidida a hora de cada um partir. mas com isso aprendi que na vida nada é eterno e só a morte é certa. Agora já não fico mais triste, mas há dias em que a saudade não tem fim.
O texto está magnifico e a ultima estrofe mandou-me calar por momentos e pensar no que dizer.

bjo milla *

anaa. disse...

obrigada e meus pesames mesmo

Crica Fonseca disse...

Milla, Que texto mais lindo!!! Parabéns pela sua expressão apesar da dor.
Há beleza em tudo o que a gente vive, mesmo nos momentos mais difícies e tristes. Mesmo quando não podemos entender o sentindo da rosa perder sua cor rapidamente, podemos sentir seu perfume.
Um beijo e um abraço apertado,
Crica

Sammyra Santana disse...

Milla, ontem fui no show das Chicas! Pense num show perfeito, amiga! Vc conhece o som delas? Se não, precisa urgentemente conhecer!
A-do-rei mesmo!
E elas cantando Paciência de Lenine, meu pai do Cristo, é a perfeição, Milla!
Beijo grande, grande pra tu!

AcidStorm disse...

É triste e doloroso perder alguém que, de certa forma, nos é querido.

Melhoras para você florzinha!

Matheus e Borges disse...

"Ouçam, escravos da liberdade
O cantar das trombetas
E o riscar das lápides
Ouçam..."

O melhor trecho de todos. Vale a pena desvendar você Camila!